...

Clique aqui para se inscrever no Vestibular

Inscrição

ProUni 2019: confira edital com as datas e regras do programa


Bolsas de estudos de 50% e 100% em instituições particulares de ensino superior são exclusivas para participantes do Enem 2018

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018 Mirvan Lúcio


O Programa Universidade Para Todos (ProUni) 2019/1 já tem cronograma definido. As inscrições serão recebidas de 29 de janeiro de 2019 a 1º de fevereiro e são exclusivas para quem fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018.

O resultado do ProUni 2019/1 será publicado em 4 de fevereiro. Nesta primeira chamada, as matrículas serão realizadas até o dia 15 seguinte. A segunda chamada regular do ProUni 2019/1 será realizada em 18 de fevereiro e suas matrículas vão até o dia 1º de março. 

O ProUni receberá manifestações de interesse na lista de espera em 7 e 8 de março. As instituições de ensino poderão acessar a lista de espera no dia 11 seguinte. 

Datas do ProUni 2019/1

  • Inscrições: 29 de fevereiro a 1º de março 
  • 1ª chamada: 4 de fevereiro
  • Matrículas 1ª chamada: 4 de fevereiro a 15 de fevereiro
  • 2ª chamada: 18 de fevereiro
  • Matrículas 2ª chamada: 18 de de fevereiro a 1º de março
  • Manifestação da Lista de Espera: 7 e 8 de março
  • Divulgação da Lista de Espera para Instituições: 11 de março
  • Comparecimento às instituições: 12 e 13 de março

Como participar do ProUni?

No período citado acima, candidatos com média de 450 pontos no Enem 2018 e que atendam os critérios de renda e escolaridade definidos pelo Ministério da Educação (MEC) poderão se inscrever para bolsas integrais (100%) ou parciais (50%), as quais serão preenchidas durante o primeiro semestre de 2019.

É preciso ter renda familiar de até 1,5 salário mínimo por pessoa para bolsas de 100% e até 3 salários mínimos para as de 50%. 

Além disso, é preciso se encaixar em umas das categorias abaixo:

  • Ter feito todo o ensino médio em escola da rede pública;
  • Ter estudado o ensino médio completo em escola privada como bolsista integral;
  • Ter feito o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em escola privada com bolsa integral;
  • Ser pessoa com deficiência;
  • Ser professor da rede pública de ensino, que esteja no exercício do magistério da educação básica e integrando o quadro de pessoal permanente da instituição pública.

Durante o período de inscrições, os participantes poderão mudar as opções de bolsas que escolheram. O candidato pode concorrer em até duas opções. 

Diariamente, o MEC divulgará as pontuações mínimas para cada curso (nota de corte) e fará o balanço dos candidatos. 

Como serão as convocações?

O MEC fará duas chamadas regulares do ProUni 2019/1 (4 e 18 de fevereiro). Os convocados terão que comprovar as informações nas instituições de ensino para que possam ser matriculados. 

Além disso, haverá a manifestação da lista de espera em 7 e 8 de março. A partir desta lista, que estará disponível para as instituições no dia 11 seguinte, os candidatos poderão procurar as faculdades e universidades para o preenchimento das bolsas remanescentes. 

 

 

Fonte: UOL



Leia Mais